O filme Crash, dirigido por Paul Haggis, foi lançado em 2004 e recebeu um amplo reconhecimento, incluindo seis indicações ao Oscar e três vitórias, incluindo Melhor Filme. No entanto, a crítica não foi unânime e o filme tem recebido análises mistas ao longo dos anos. Uma plataforma que coleta críticas de diferentes críticos de cinema é o Rotten Tomatoes, que permite uma visão mais ampla da percepção do filme. Este artigo analisa o filme Crash sob diferentes perspectivas e discute as avaliações dos críticos do Rotten Tomatoes.

Para muitos críticos, Crash é uma história complexa que interliga diferentes narrativas de personagens pertencentes a diferentes grupos étnicos na cidade de Los Angeles. O filme enfoca questões raciais e étnicas, além de explora a interação entre eles. Os críticos, que elogiam o filme argumentam que a narrativa oferece uma visão penetrante sobre as desigualdades sociais e raciais que permeiam a sociedade moderna, especialmente em grandes cidades. A interseção das diferentes narrativas fornece uma imagem clara da injustiça estrutural, preconceitos e intolerância.

Por outro lado, os críticos que criticam o filme acreditam que as tramas individuais não se encaixam bem e o filme é muito óbvio em suas retratações de racismo e outros problemas sociais. Alguns críticos argumentam que a temática do filme é superficial e não apresenta nada de novo ou desafiador. Para eles, o filme não aprofunda as complexidades das questões raciais, mas se contenta em explorá-las superficialmente.

Essa dicotomia é evidente ao se analisar a avaliação agregada do Rotten Tomatoes. Com base em uma amostra de 255 avaliações, Crash tem uma classificação geral de 75%. Destas avaliações, 60% são classificadas como positivas, enquanto os 40% restantes são classificadas como negativas. Alguns críticos do Rotten Tomatoes argumentam que o filme é profundamente enojado e superestimado, enquanto outros o chamam de pungente, impactante e profundo. Além disso, a avaliação do público para o filme é significativamente diferente da avaliação dos críticos. Com base em uma amostra de mais de 1,3 milhões de avaliações, Crash tem uma classificação geral de 84%, com 85% das avaliações sendo classificadas como positivas.

Em conclusão, Crash é um filme divisivo que gera avaliações muito diferentes entre críticos de cinema e o público em geral. A análise do filme a partir de diferentes perspectivas e a coleta de críticas de diferentes fontes ajuda a entender a complexidade do filme e as questões que ele tenta abordar. Apesar das críticas mistas, Crash permanece um filme relevante e uma obra importante, mesmo anos após seu lançamento inicial.